» » Saiba aqui se você está assustando seus funcionários

Saiba aqui se você está assustando seus funcionários

postado em: Artigos | 0

Você está assustando seus funcionários?

Você já parou para pensar por que os melhores candidatos que passaram pelo seu recrutamento não ficaram na sua empresa? Será que você não está assustando seus funcionários?

É verdade que encontrar bons funcionários está cada dia mais difícil, mas às vezes os métodos de contratação da sua empresa podem dar a impressão de que a pessoa está em processo seletivo no RH do inferno.

Uma das formas de contratação utilizada nas empresas é assustar os bons candidatos, seja com as normas rígidas ou com o volume assustador de trabalho. Empresas assim entendem que ao colocar medo no funcionário, elas estão impondo mais respeito. Nada por estar mais longe da verdade.

Para evitar esses problemas e manter seus bons profissionais na empresa, veja a seguir três dicas de comportamento que o empregador deve ter:

Converse sobre o volume de trabalho

Se você está fazendo contratações em massa devido ao rápido crescimento da sua empresa, é bom deixar isso claro durante as entrevistas com candidatos.

Caso contrário, pode dar a impressão que seus funcionários estão saindo da empresa em debandada devido ao grande volume de trabalho, dando a entender também que você ‘suga’ seus empregados, forçando uma carga horária extra de trabalho neles.

Lembre-se de que os candidatos podem querer se informar sobre a pessoa que ocupou seu cargo anteriormente.

Veja se seus anúncios de emprego não estão obsoletos

Se você tenta preencher uma vaga de trabalho há meses e não está recebendo muitos candidatos, considere revisar a metodologia usada na captação dos profissionais para o cargo.

Um anúncio publicado há muito tempo e sem retorno mostra o desinteresse dos candidatos.

Por isso, seja criativo na divulgação da vaga e também procure detalhá-la ao máximo.

Para de criticar os ex-funcionários

Quando estiver entrevistando o candidato, procure não ‘queimar’ o empregado anterior da vaga. Não se queixe de como ele era incompetente ou lerdo ao realizar os trabalhos.

Isso só refletirá mal sobre sua pessoa e até sua empresa, pois poderá causar preocupações no candidato.

Você tem mais dicas para acrescentar à lista? Deixe aqui nos comentários!

Veja mais dicas bacanas aqui:

Comente pelo Facebook

comentários

Seguir Aline Guedes:

Consultora e Editora

Formada em Direito pela Universidade São Judas, apaixonada pela vida, por moda, por fotografia e gastronomia funcional. Gosta de lidar com pessoas, buscando extrair sempre o melhor delas. Acredita que a felicidade e a paz interior são os melhores estimulantes da criatividade. Ama incondicionalmente todos os cachorros do mundo.
www.vidacomtempero.com.br | aline@lifebreak.com.br

Participe deste assunto! Deixe seu comentário abaixo: