» » Veja 6 dicas para enfrentar sua timidez

Veja 6 dicas para enfrentar sua timidez

postado em: Artigos | 0

Veja 6 dicas para enfrentar sua timidez

Você já ficou com o coração acelerado quando um desconhecido se aproximou para te perguntar algo? Ou se sentiu extremamente desconfortável por estar em uma sala cheia de estranhos?

Já teve um ‘branco’ quando lhe pediram para falar sobre um assunto que você domina?

Independentemente de saber se você é introvertido ou extrovertido, todos nós já tivemos este sentimento de timidez em algum momento da vida.

Nós temos a ideia errada de que só os introvertidos são tímidos, mas isso não é verdade. A timidez tem mais a ver com um sentimento de desconforto consigo mesmo, especialmente em torno de outras pessoas e em determinadas situações.

A timidez geralmente possui três componentes:

  • Você está muito consciente de si mesmo, particularmente em situações sociais.
  • Você tende a ver-se negativamente na maioria das vezes (negatividade excessiva).
  • Você tende a prestar mais atenção às coisas que você está fazendo de errado quando está perto de outras pessoas.

Todos nós já experimentamos a timidez de forma diferente e em diferentes graus. No entanto, a causa pode ser resumida a uma das seguintes razões:

Preocupação consigo mesmo

Quando estamos perto de outras pessoas, tornamo-nos extremamente sensíveis ao que nós estamos fazendo, como se tivéssemos sido colocados no centro do palco. Isso cria ansiedade e nos faz questionar cada movimento. Nossos centros de foco giram em torno de nós mesmos e, particularmente, sobre “o que eu estava fazendo de errado”.

Rotulagem

Quando se rotula que uma pessoa que é tímida, ela psicologicamente se sente inclinada a viver de acordo com essas expectativas. Podemos dizer a nós mesmos: “Eu sou uma pessoa tímida, isso é verdade. Eu sou assim, e esta é a maneira como as coisas são”. Quando nós nos rotulamos de alguma coisa, essa coisa tem a percepção de ser fixa e, portanto, devemos viver de acordo com as expectativas da rotulagem.

Para superar a timidez, selecionamos algumas dicas:

1 – Entenda sua timidez

Procure compreender a sua timidez e quando ela se manifesta na sua vida. Entenda qual situação desencadeia esse sentimento. E com o que você está preocupado.

2 – Encontre seus pontos fortes

Todos nós temos qualidades únicas e diferentes formas de expressar a nós mesmos. É importante conhecer e aceitar totalmente as coisas que fazemos bem, mesmo se elas forem diferentes das demais.

Lembre-se que se todos fossem iguais, o mundo seria um lugar muito chato.

3 – Aprenda a gostar de si mesmo

Pode ser que não seja tão fácil para você em um primeiro momento. Mas é necessário que você pratique todos os dias.

Aprenda a se conhecer e a gostar mais de você, seja seu corpo, suas ideias, sua inteligência, seu humor, sua gratidão pela vida, enfim, é importante que você comece a se apaixonar por você mesmo.

4 – Enfrente uma situação desconfortável

Quando deixamos nos levar por situações que nos deixam tímidos, reforçamos a nossa timidez. Em vez disso, você deve enfrentar a situação. Transforme a situação terrível em um lugar de introspecção e crescimento pessoal.

Torne-se observador de si mesmo e responda às perguntas: Por que me sinto desta maneira? O que me fez sentir desse jeito? Pode haver uma explicação alternativa para o que está acontecendo?

5 – Aceite a rejeição

Aceitar a possibilidade de que podemos ser rejeitados é aprender a não a levar tudo para o lado pessoal. Lembre-se, você não está sozinho e todos nós já fomos rejeitados na vida, seja no campo profissional ou pessoal.

É parte da vida e parte do processo de aprendizagem. A chave está em como você lida com as rejeições quando elas vêm. Procure não levar para o lado pessoal e nem ache que é culpa sua. Apenas era para ser.

6 – Faça aquilo que é confortável para você

Ir a bares, festas e clubes não é para todos, e isso é bom, pois como já mencionamos acima, cada um tem seu jeito, sua personalidade. Por isso você deve entender o que lhe faz se sentir confortável.

Você pode ser tão igualmente sociável como os outros, mas com as pessoas e atividades que trazem o melhor de você e lhe façam feliz. Você não tem que fazer o que ‘todo mundo’ está fazendo.

Seja apenas você e viva ainda mais feliz.

Veja mais dicas bacanas aqui:

Comente pelo Facebook

comentários

Seguir Aline Guedes:

Consultora e Editora

Formada em Direito pela Universidade São Judas, apaixonada pela vida, por moda, por fotografia e gastronomia funcional. Gosta de lidar com pessoas, buscando extrair sempre o melhor delas. Acredita que a felicidade e a paz interior são os melhores estimulantes da criatividade. Ama incondicionalmente todos os cachorros do mundo.
www.vidacomtempero.com.br | aline@lifebreak.com.br

Participe deste assunto! Deixe seu comentário abaixo: