» » TPM no trabalho: Como lidar?

TPM no trabalho: Como lidar?

postado em: Artigos | 0

icone-mulherA TPM (tensão pré-menstrual) é o nome que se dá a uma série de sintomas que se manifestam na mulher antes da menstruação. Esses sintomas são muitos, mas os mais comuns são irritabilidade, depressão, dor nas mamas, agressividade, dor de cabeça, choro repentino e insônia.

Para a maioria das mulheres, os sintomas surgem 15 dias antes da menstruação, mas em alguns casos eles podem surgir apenas dois dias antes – isso varia de mulher para mulher.

Leitura recomendada: Mulher de 98 anos obtém graduação máxima no judô

Atualmente, quando falamos em TPM, não são apenas as mulheres que se interessam por este assunto. Os homens estão se interessando cada vez mais.

Afinal, quando estamos para menstruar, ocorre em nosso organismo uma queda nos níveis da serotonina que atua sobre o humor – e quando ela cai, ficamos mal-humoradas (por isso a vontade louca de comer doces), o que acaba afetando todos os que estão ao nosso redor.

No ambiente de trabalho a TPM acaba tendo um maior impacto devido às cobranças e os problemas do dia-a-dia que, associados às dores, fazem com que a produtividade das mulheres caia nesses períodos.

Por isso, é fundamental que os gestores e colegas de trabalho tenham um olhar diferente para esses casos e aceitem que não é uma simples frescura, mas um fator hormonal, capaz de alterar o estado da pessoa.

Muitas mulheres acabam preferindo faltar no trabalho do que ir trabalhar, pois são tratadas com deboche.

Não estou dizendo a mulher não pode trabalhar em seu período pré-menstrual, mas sim que tratemos com individualidade esta questão, pois cada pessoa sofre com uma determinada reação e, em alguns casos, realmente não é possível ir trabalhar.

TPM no trabalho: Respeito é o melhor remédioEu mesma já fui trabalhar muitas vezes com dores horríveis que nenhum remédio era capaz de aliviar. Mas ficava quieta, com receio do que os outros iriam pensar – até porque eu não era a única mulher na empresa e poderiam pensar que era frescura. Mas minha concentração e produtividade não eram as mesmas.

Anos depois, quando fui diagnosticada com um quadro de endometriose profunda, fui entender que as dores que eu sentia não eram mesmo simples cólicas e nem frescura.

Enfim, o maior remédio para a TPM na minha opinião é o respeito. Respeitar este estado da mulher, respeitar que cada uma sofre um tipo de sintoma, que não somos todas iguais e que, em alguns casos, a relação no trabalho fica impossível.

Por isso, algumas condutas de gestores e colegas de trabalho podem auxiliar as mulheres neste período e, também, manter o bom convívio social no trabalho.

9 dicas para as empresas lidarem com a TPM no trabalho

  1. Seja compreensivo e procure demonstrar que entende o que ela está passando;
  2. Evite fazer críticas ou repreensões neste período (se o assunto em questão não for grave);
  3. Estimule as funcionárias a fazerem ginástica, se possível introduza ginástica laboral na empresa – não só as mulheres mas todos os funcionários terão um dia melhor;
  4. Deixe tocando músicas relaxantes no ambiente de trabalho;
  5. Tenha sempre no escritório um chá que acalme (tipo camomila) e não apenas café;
  6. Não faça comentários do tipo “Eu já passei por isso” ou “Todas as mulheres sentem dor”, porque pode parecer descaso e deixará a mulher ainda mais abalada, pois só ela sabe a dor que está suportando para continuar trabalhando;
  7. Se perceber que a funcionária está com muita dor, converse com ela e tente remanejar os trabalhos mais importantes ou delegar a outros profissionais;
  8. Não faça piadas sobre o assunto;
  9. Respeite se a pessoa pedir para não falar com ela neste dia, converse apenas o necessário.

E você? Como a sua empresa encara a TPM no trabalho? Você já teve problemas, ficou constrangida ou eles encaram numa boa? Conte suas experiências nos comentários abaixo.

Veja mais dicas bacanas aqui:

Comente pelo Facebook

comentários

Seguir Aline Guedes:

Consultora e Editora

Formada em Direito pela Universidade São Judas, apaixonada pela vida, por moda, por fotografia e gastronomia funcional. Gosta de lidar com pessoas, buscando extrair sempre o melhor delas. Acredita que a felicidade e a paz interior são os melhores estimulantes da criatividade. Ama incondicionalmente todos os cachorros do mundo. www.vidacomtempero.com.br | aline@lifebreak.com.br

Participe deste assunto! Deixe seu comentário abaixo: