» » 5 razões para finalizar projetos que nunca acabam

5 razões para finalizar projetos que nunca acabam

postado em: Artigos | 0

Você tem projetos que estão em andamento por muito tempo? Sabe, aqueles que estão ativos há tanto tempo que você não tem certeza mais de quando eles começaram – ou mesmo se eles um dia serão finalizados.

Talvez seja o momento de considerá-lo como ‘concluído’ e fechar esse projeto que nunca termina.

O projeto que nunca termina

5 razões para finalizar projetos que nunca acabam
Coloque um ponto final nos projetos que nunca acabam

Certa vez fiz uma auditoria jurídica em uma empresa que, além de querer se certificar de que seus funcionários estavam registrados corretamente, precisava também de um inventário de todos os seus trabalhos em aberto.

Era um processo de percepção. A diretoria notou que havia quatro vezes mais projetos ’em andamento’ do que eles imaginavam. De fato, existiam inúmeras iniciativas das quais ninguém sabia de nada e nem o status do andamento.

Havia um projeto em particular que chamou a atenção. Muitos dos novatos na empresa nunca ouviram falar dele. E muitos dos veteranos achavam que ele tinha terminado anos atrás.

Ele esteve em andamento por anos! E mesmo assim, não havia sido concluído!

O trabalho não fora completado. O projeto não havia terminado. E ainda assim recursos e custos haviam sido destinados a ele.

Como isso foi possível? Será que a sua empresa também possui algum projeto que se arrasta por anos?

Encerrando projetos que nunca terminam

O exemplo acima não é incomum em empresas grandes. De fato, algumas pessoas fazem suas carreiras em cima de projetos que não acabam. Isso também pode acontecer em nossas vidas pessoais (você possui projetos ou planos que estão eternamente na sua lista?).

Muitos projetos ultrapassam seus custos e propósitos, mas são mantidos ‘vivos’ por gestores bem intencionados (e às vezes não tão bem intencionados).

Às vezes você precisa encarar a verdade e considerar esses projetos como concluídos.

5 razões para concluir projetos que nunca terminam

  1. Deveria ter acabado anos atrás. Muitos projetos excedem seus prazos e orçamentos. Não permita que eles continuem existindo apenas por existir. É melhor contabilizar o prejuízo e finalizar de uma vez.
  2. Não tem mais valor. Muitos projetos excedem sua utilidade. Ou a razão pela qual eles começaram não existe mais. Finalize esse projeto se não há mais nenhum valor em sua entrega.
  3. Terminou, mas ninguém colocou em prática. Alguns projetos acabam, mas ninguém nunca os colocou em uso. Tire ele da frente se já acabou.
  4. Não consegue ver o fim. Extensões intermináveis. Orçamentos intermináveis. Bons líderes possuem a força necessária para ‘puxar a tomada’ de projetos em andamento. Melhor parar agora do que deixá-lo se tornar uma grande bagunça no futuro.
  5. Abra caminho para um novo começo. Às vezes você precisa terminar um projeto para começar um novo. Se o histórico de um projeto atual está impedindo o seu progresso, é melhor terminar e começar um novo do zero.

Considere finalizado

Encerrar um projeto que não está pronto pode ser difícil. Ninguém gosta de admitir que falhou ou estagnou um processo.

Entretanto, projetos intermináveis que não levam a lugar nenhum são pura perda de tempo, dinheiro e esforço.

Se você tem um projeto que não acaba nunca, talvez seja hora de considerá-lo finalizado.

E aqui vai uma pergunta: Qual projeto na sua vida (pessoal ou profissional) precisa ser finalizado de uma vez por todas? Deixe sua resposta nos comentários.

Veja mais dicas bacanas aqui:

Comente pelo Facebook

comentários

Seguir Aline Guedes:

Consultora e Editora

Formada em Direito pela Universidade São Judas, apaixonada pela vida, por moda, por fotografia e gastronomia funcional. Gosta de lidar com pessoas, buscando extrair sempre o melhor delas. Acredita que a felicidade e a paz interior são os melhores estimulantes da criatividade. Ama incondicionalmente todos os cachorros do mundo. www.vidacomtempero.com.br | aline@lifebreak.com.br

Participe deste assunto! Deixe seu comentário abaixo: