» » Como superar sua crise de criatividade

Como superar sua crise de criatividade

postado em: Artigos | 0

O que acontece quando você cai em uma crise de criatividade? Quantas vezes você imaginou uma coisa e, na hora de transformar sua ideia em realidade, ela não ficou nem um décimo parecida com aquilo que você tinha em mente? Será isso um alerta para sua falta de talento nessa área? Você imagina uma coisa, faz outra e pensa: “Não nasci para isso”. A verdade é que você pode estar completamente errado a respeito de si próprio – especialmente se estiver nos primeiros anos da sua carreira.

Ira GlassPara o radialista americano Ira Glass, que comanda o programa This American Life (www.thisamericanlife.org), a distância entre imaginar algo bom e fazer algo bom só pode ser preenchida com muito trabalho duro e perseverança. Quanto mais você pratica, melhor se torna e, dessa forma, conseguirá executar seus trabalhos exatamente da forma como imaginou (sem aquela crise existencial que já assolou a todos nós pelo menos uma vez na vida). O que importa é não se deixar abater por não conseguir fazer um trabalho tão bom quanto planejou. A citação abaixo já tem um tempinho que roda pela internet, mas se encaixa muito bem no propósito do LifeBreak, então, não custa nada repeti-la aqui também – e fica o agradecimento ao amigo Dado Almeida (www.dadoalmeida.com) por ter me enviado esse texto.

Ira Glass fala sobre a crise de criatividade:

Ninguém diz isso às pessoas que estão começando. Eu gostaria muito que alguém tivesse me dito isso quando era iniciante. Todos nós que fazemos trabalhos criativos entramos nesse meio porque temos bom gosto. Mas existe uma lacuna aí. Nos seus primeiros anos você cria trabalhos que não são tão bons. Você está tentando ser bom, tem potencial, mas ainda não é. Mas o seu gosto, essa coisa que te levou a entrar nesse meio, ainda é matador. E seu gosto é a razão pela qual você se desaponta com seu trabalho. Muitas pessoas nunca passam dessa fase; elas desistem.

A maioria das pessoas que eu conheço e que faz trabalhos interessantes e criativos enfrentou isso por anos. Nós sabemos que nossos trabalhos não possuem aquele elemento especial que gostaríamos que tivesse. Todos nós passamos por isso. E se você está começando agora ou está preso nessa fase, precisa entender que isso é normal e que a coisa mais importante a fazer é trabalhar muito. Estipule para si próprio um prazo para que, dessa forma, toda semana você finalize alguma coisa.

Somente por meio de um enorme volume de trabalho é que você fechará aquela lacuna e seu resultado passará a ser tão bom quanto você ambicionava que fosse. Eu demorei mais para entender como fazer isso do que as outras pessoas que conheci. Vai demorar um tempo. E é normal que demore. Você apenas precisa lutar para desbravar seu caminho.

Você concorda com o senhor Glass? Já passou (ou está passando) por momentos de frustração criativa por não conseguir fazer as coisas da forma que imaginou? Conte a sua experiência para nós nos comentários abaixo.

Veja mais dicas bacanas aqui:

Comente pelo Facebook

comentários

Seguir Emílio Calil:

Editor, Consultor e Palestrante

Jornalista, designer e consultor com mais de 15 anos de experiência em diversos ambientes de trabalho – de agências de propaganda a multinacionais como a Microsoft. Acredita que as pessoas devem fazer o que amam para serem felizes e produtivas, e para isso oferece métodos e projetos que ajudam tanto empresas quanto pessoas. Apaixonado por tecnologia, games e pela cidade de Gramado.
www.emiliocalil.com | emilio@lifebreak.com.br

Participe deste assunto! Deixe seu comentário abaixo: