» » Aprenda a se reerguer após cada queda

Aprenda a se reerguer após cada queda

postado em: Artigos | 0

“Não é a montanha que conquistamos, mas a nós mesmos.” – Sir Edmundo Hillary

Aprenda a se reerguer após cada quedaRejeição é um fato inevitável da vida. Não importa o que você faça, algum dia você será rejeitado, seja na vida profissional ou na vida pessoal. E a nossa capacidade e forma de lidar com o fracasso e a rejeição é que determinará o quão  bem sucedidos e felizes seremos.

É importante dizer que felicidade não é o oposto da depressão – a resiliência é, de acordo com o psicólogo Peter Kramer. Basta observar as pessoas que você mais admira, muitas delas não chegaram onde estão sem qualquer experiência ruim, muitas delas na verdade foram rejeitadas e às vezes até humilhadas.

Ocorre que elas se distinguiram pela sua capacidade de conseguir dar a volta por cima todas as vezes que caíram, não se deixaram abater. Como dizia Winston Churchill, “é a coragem para continuar que conta”.

Então, como é que as pessoas resilientes diferem daquelas que ficam paralisadas por cada falha? Aqui estão alguns hábitos das pessoas resilientes, dos quais você poderá adotar e mudar sua capacidade de lidar com desafios.

Elas experimentam completamente tanto as emoções positivas como as negativas

Ser resiliente não significa adotar um otimismo cego. Em vez de olhar apenas para o lado positivo da vida e ignorar as emoções negativas, as pessoas resilientes experimentam o que estão sentindo em qualquer situação, seja boa ou ruim. Então, ao mesmo tempo em que se sentem tristes a respeito de algo, elas também se sentem gratas por isso.

Elas são realmente otimistas

Um estudo recente da Universidade Nacional de Taiwan descobriu que a adoção de uma atitude de “otimismo realista”, que combina a perspectiva positiva de otimistas com o pensamento crítico dos pessimistas, pode aumentar a felicidade e resiliência. “Toda vez que [otimistas realistas] enfrentam um problema ou um desafio, eles não vão dizer ‘eu não tenho escolha e esta é a única coisa que posso fazer’“, diz a pesquisadora Sophia Chou. “Elas serão criativas, terão sempre um plano A, plano B e um plano C.”

Elas ‘rejeitam a rejeição’

Segundo Elaine Dundon, fundadora do grupo de inovação, “a rejeição também rouba a nossa alegria”. Mas a rejeição é inevitável, e lidar com ela de forma eficaz é essencial para se tornar resistente.

Como o blogueiro Alex Pattakos coloca, escolher rejeitar a rejeição poderá evitar que você se torne um prisioneiro de seus próprios pensamentos. É importante entender que todos estão em um “espaço diferente e, em alguns casos, não importa o que você diga ou faça, alguém sempre vai rejeitá-lo ou a suas ideias”, diz Pattakos, explicando que tomar esta atitude ajuda a não levar a rejeição de forma pessoal.

Elas constroem fortes sistemas de apoio

Quando você fica abatido, é importante ter os recursos para ajudá-lo a voltar, o que inclui ter pessoas para te apoiar. Um estudo de 2007 descobriu que o apoio social pode realmente aumentar a capacidade de resistência ao estresse.

Elas percebem (e apreciam) as pequenas coisas positivas

Pessoas resilientes são boas em enxergar em sua ‘porção de positividade’. Isso significa que elas percebem e apreciam as pequenas alegrias e conquistas – o que as impede de achar que ‘tudo’ está dando errado. Pesquisas mostraram que uma porção de três para um de experiências positivas sobre as negativas é o ideal para a construção da resiliência e aumentar a felicidade.

Elas procuram oportunidades de crescimento e aprendizagem

Pessoas resilientes buscam experiências de crescimento que aumentam a autoconfiança e capacidade de tomar decisões individuais, que lhes dá confiança na sua capacidade de se recuperar de falhas. “Quando o senso de competência aumenta, os indivíduos são mais capazes de responder de forma eficaz a situações desconhecidas ou desafiadoras e perseverar em face a falhas e desafios”, dizem os escritores Kathleen M. Sutcliffe e Timothy J. Vogus.

Elas são eternamente gratas

A gratidão é conhecida por melhorar a saúde e o bem-estar – e aqueles que são gratos podem desfrutar de uma melhor saúde física e humor do que aqueles que se concentram apenas em aborrecimentos e reclamações.

Pessoas resiliantes são gratas por tudo, até pelos problemas. Muitas delas, hoje bem sucedidas, foram gratas por terem sido demitidas no passado e terem a oportunidade de aprender com isso.

A gratidão não apenas ajuda a lidar com os problemas, mas também ajuda a manter o estresse diário dentro de uma perspectiva menor.

E você vai continuar reclamando dos problemas ou vai dar a volta por cima?

Veja mais dicas bacanas aqui:

Comente pelo Facebook

comentários

Seguir Aline Guedes:

Consultora e Editora

Formada em Direito pela Universidade São Judas, apaixonada pela vida, por moda, por fotografia e gastronomia funcional. Gosta de lidar com pessoas, buscando extrair sempre o melhor delas. Acredita que a felicidade e a paz interior são os melhores estimulantes da criatividade. Ama incondicionalmente todos os cachorros do mundo. www.vidacomtempero.com.br | aline@lifebreak.com.br

Participe deste assunto! Deixe seu comentário abaixo: