» » 6 mitos sobre a felicidade

6 mitos sobre a felicidade

postado em: Artigos | 0

6 mitos sobre a felicidadeSe você quer ter uma vida feliz (e quem não quer?), é preciso primeiro mudar completamente a forma como olha para as coisas. Pronto? Vamos analisar os seis conceitos principais da felicidade e a verdade sobre cada um deles.

Mito 1: Felicidade: Ou você tem ou não tem

Os genes desempenham um papel importante no sentimento de felicidade. De fato, pesquisadores sugerem que a hereditariedade contribui com 50% da felicidade de alguém.

Essa porcentagem destrói o primeiro mito. Se 50% são hereditários, então os outros 50% são a felicidade que a pessoa pode buscar e criar.

O esforço e desejo pela felicidade são capazes de criar e condicionar uma vida mais alegre. Relacionamentos harmoniosos e saudáveis, atos de gentileza, exercícios diários e meditação são apenas algumas coisas que podem lhe levar a conquistar sua felicidade, mesmo que você não a tenha ‘herdado’ de seus ancestrais.

Mito 2: A felicidade é um objetivo

Essa frase é uma contradição. Ao nos obrigarmos a buscar a felicidade em cada coisa que fazemos, acabaremos todos estressados por causa de uma situação irreal que é impossível de criar.

A condição social de casar, ter um bom emprego e uma boa casa pode contribuir para a imagem de uma pessoa feliz, mas essas são apenas peças de um quebra-cabeça e não o cenário inteiro.

A felicidade não é um objetivo emocional pelo qual alguém deve lutar. É um caminho benéfico ao longo do tempo, construído harmonicamente e funcionalmente durante o dia de uma pessoa. A felicidade é um meio, nunca o fim.

Mito 3: Fique satisfeito com sua felicidade

A verdade é que a maioria das pessoas tende a adotar uma mudança positiva em suas vidas e chamam isso de ‘felicidade’. Adaptar-se é bom, mas isso é um exagero. Na verdade o que está acontecendo é exatamente o oposto.

O carro ou a casa dos seus sonhos, por exemplo, podem lhe oferecer uma sensação temporária de satisfação, mas não podem ser considerados em hipótese alguma como felicidade.

Mito 4: A tristeza sempre supera a felicidade

Sentimentos negativos, de acordo com especialistas, possuem um efeito muito forte nos seres humanos. Esses sentimentos são temporários e ‘dizem’ ao corpo para encontrar o problema e corrigi-lo, enquanto os sentimentos positivos vencem com o tempo, porque eles permitem ao corpo adquirir experiência emocional.

As pesquisas de fato mostram que, conforme as emoções positivas aumentam, há um momento em que as emoções negativas deixam de ter impacto significativo na vida de alguém. Em poucas palavras, emoções positivas certamente não podem prever ou evitar as negativas, mas a longo prazo, as emoções positivas podem protegê-lo das consequências das negativas.

Mito 5: Felicidade significa prazer

Há muito mais coisas envolvidas na conquista da felicidade pela sensação de satisfação pessoal e prazer.

Por exemplo, oferecer ajuda aos outros cria, de fato, uma sensação de felicidade. E como indicam algumas pesquisas, isso pode aliviar uma dor física em até 13%.

Em meados da década de 1990 registrou-se pela primeira vez que o aumento dos níveis de humor por meio da ajuda que alguém oferece a outra pessoa está associada com a liberação de endorfina, serotonina e oxitocina (um ‘hormônio da compaixão’), o que reforça ainda mais o comportamento em relação a oferecer ajuda.

Mito 6: Só existe um tipo de felicidade

Se você é desses que buscam poções mágicas da felicidade, com certeza ficará tremendamente desapontado. Não existem soluções ou receitas para a felicidade e, em qualquer acontecimento, a felicidade não possui apenas uma representação.

Ao contrário, ela é composta por momentos que, como as peças de um bom quebra-cabeça, são concluídos lentamente ao longo do tempo.

Exercícios, uma boa alimentação, um estilo de vida saudável, sair com amigos e uma simples caminhada diária com seu parceiro são momentos de felicidade que adicionam toques únicos ao quadro geral.

Assim, se você realmente quer colocar um pouco de alegria na sua vida, pare de tentar ser feliz e seja feliz. Todo o resto virá com o tempo.

Veja mais dicas bacanas aqui:

Comente pelo Facebook

comentários

Seguir Emílio Calil:

Editor, Consultor e Palestrante

Jornalista, designer e consultor com mais de 15 anos de experiência em diversos ambientes de trabalho – de agências de propaganda a multinacionais como a Microsoft. Acredita que as pessoas devem fazer o que amam para serem felizes e produtivas, e para isso oferece métodos e projetos que ajudam tanto empresas quanto pessoas. Apaixonado por tecnologia, games e pela cidade de Gramado. www.emiliocalil.com | emilio@lifebreak.com.br

Participe deste assunto! Deixe seu comentário abaixo: